cícero

A Cidade, Cícero

novembro 24, 2017


Hoje foi o dia que a música nova, A Cidade, do quarto disco de Cícero encontrou o mundo. Contei como conheci Cícero aqui. Mas falando brevemente... fui em um show LINDO {que aconteceu dia 13 de janeiro no Rio de Janeiro} com vários músicos talentosos no palco e ele anunciou que Cícero seria a partir de então Albatroz. Eu, que já estava chorando de felicidade por estar ali, chorei ainda mais. Vocês conhecem imaginar uma maquiagem toda borrada? Estava assim mesmo.

Consegui ouvir a música por esse link do spotify e fiquei encantada. Orgulho define. Albatroz está presente em cada segundo. Todos os instrumentos são reconhecidos. Todos têm o momento que devem ter. Cada rima casa com cada melodia, e a harmonia é Cícero do começo ao fim <3

Eu amo quando instrumentos são ressaltados. Na música é possível ouvir detalhes de toda a composição, com instrumentos de verdade. Uma orquestra de verdade. Não aquele tuntun falso (que me irrita profundamente) das músicas pops que é feito em programa de computador :B
A expectativa para o cd novo só aumentou, claro. Ansiedade.
O clipe saiu hoje às 19 horas e você pode conferir abaixo. Chorei horrores vendo Cícero sendo levado na maca. Entendi o clipe realçando a ideia de na cidade ter acontecimentos efêmeros e tudo continuar igual (para alguns) antes e depois destes. Os ruídos da cidade são completamente diferentes da calmaria que antes se via nas canções de apartamento, no sábado e na praia. Acredito que estes são lugares mais tranquilos, em comparação com a cidade que sempre há barulhos e obras, só ausentes quando está chovendo.

A letra você confere aqui.




Um dia alegre no cimento ❤

Vocês conhecem Cícero? Gostaram da música nova? Me contem nos comentários c:

Beijos com formatos de nuvens, Ingrid ☁ @ohmystunning

Faculdade

Dicas para organizar o TCC

novembro 22, 2017


Sei que estou sumida... e voltei para dizer que estou bem viva c: O motivo do meu desaparecimento é o famigerado Trabalho de Conclusão de Curso ~ TCC para os íntimos. Me formo em jornalismo este semestre e entreguei o TCC dia 22 de novembro. Por isso foquei todo o tempo livre em aprimorar meu trabalho.

Escrevo aqui algumas dicas que me ajudaram muito na organização do meu TCC, desde a escolha do tema até a entrega. Todas as dicas que coloquei foram possíveis na minha faculdade e no meu curso. Vê se dá para adequar para seu curso também c:

1) Escolha um professor que você tenha afinidade para te orientar 
Antes mesmo da escolha do tema, escolhi meu professor. Ele dava as aulas de redação jornalística, e como meu tema era voltado para a área literária pensei nele. Só que ele sempre dizia que ganharia na loteria antes de chegar no meu semestre de entrega... ok. {Hoje tenho uma teoria que ele pensou que eu faria um trabalho melhor com a professora que me orientou. Melhor pensar assim, né?}

Foi no final de 2016 (um ano antes da entrega do meu TCC) que a professora que mais gosto me perguntou sobre o que eu estava pensando em fazer no trabalho final. Nisso, ela disse que, apesar de dar aulas de comunicação organizacional, ela poderia me orientar porque o mestrado dela foi numa área que envolve meu tema.

Fiquei muito feliz. Eu ter afinidade com ela, e vice-versa, foi primordial para que a gente se entedesse nas críticas, por exemplo. É bem melhor construir um projeto com alguém que você confia e que entenda sua linha de pesquisa.

2) Escolha um tema de seu interesse 
Assim como a escolha do orientador precisa ser de acordo com a afinidade, acredito que o tema também. Sua pesquisa é extensa, então precisa ser num tema que te motive a continuar e não desistir no meio do trabalho. Estou fazendo sobre as trajetórias de mulheres jornalistas nas Redações do jornal impresso em Vitória, Espírito Santo. Envolvendo a trajetória delas, na minha fundamentação teórica escrevo sobre o tempo, a memória e a narrativa. Assuntos que persistem no meu interior de escritora <3

3) Escolha um produto que você não enjoe só de olhar 
No curso de jornalismo, os alunos precisam produzir, além do trabalho escrito, um produto que seja um complemento do trabalho escrito. É bom fazer também sobre o que você gosta, porque se você optar por fazer um sessão de fotografia, por exemplo, e está sozinho na jornada, precisa pensar em como você vai levar a câmera, o tripé e etc sozinho para o local das fotos. Precisa pensar em como você vai fazer isso em primeiro lugar.

No meu caso, o meu produto é um livro de crônicas jornalísticas com as trajetórias das profissionais. Cada crônica, que escrevi, fala sobre uma jornalista. E também têm registros pessoais de como estava sendo a produção naquele momento. Tive que entrevistar seis profissionais e fui de busão mesmo. Como tudo é perto onde moro, isso não foi um problema.
A capa do livro, e dos capítulos, eu acrescentei com bordados, que fiz à mão. Novamente, para me orgulhar muito no final e fazer tudo com mérito próprio.

☁ Inclusive, tenho uma loja de desenhos bordados, clica aqui para conferir: Anuviar Bordados

A capa do meu livro ficou assim:



4) Não chegar de mãos vazias nas reuniões com o orientador 
Se o seu TCC é sobre análise de revistas Cláudia ao longo de três meses, leve as revistas, e suas impressões delas, logo no primeiro encontro. Não chegue sem nada. O professor quer ver o seu processo de produção, quer ver você se empenhando em fazer um super trabalho. Imagina: você chega na reunião sem nada e o que vocês vão fazer? olhar um para cara do outro? :L
Escreva no seu tempo livre e se não tiver, crie um tempo livre! Porque essa produção é sua e vai levar seu nome no final.

5) NUNCA falte às reuniões 
Se você faltar, sem um motivo prévio, ou faltar muitas vezes o orientador vai notar que você não está interessado no seu trabalho e disso, sem dúvida, ele lembrará na hora da nota final. É bom mandar mensagens antes de cada reunião também. No meu caso, as reuniões eram todas as terças-feiras às 17h30 na biblioteca da faculdade. Eu reservava uma cabine pela manhã e mandava mensagem para a professora saber qual era a cabine. Depois, umas 17h20 mandava mensagem para ela saber que tinha chegado e estava a sua espera.

6) Se motive sempre 
Não fique uma semana inteira sem fazer nada do TCC. Sou muito ansiosa e abria muitas vezes o arquivo na nuvem ~só para olhar~ e sempre escrevia algo. Por isso seu tema precisa ser empolgante para você, para que a pesquisa seja interesse e você não fique entediado. Porque escrever um trabalho final já é estressante por si só. Além de que você quer sair da faculdade, não aguenta ficar 4 anos e quer acabar logo. Por isso, deve escrever sempre mais e levar para o professor nas reuniões. Além de pesquisar trabalhos correspondentes e mostrar interesse.

7) Guarde seus arquivos na nuvem PARA NÃO PERDER! 
Caso contrário, você tem mil e uma chances de perder e nunca mais conseguir recuperar (a dramática ahaha). Mas é verdade. Eu sempre fiz todas as versões do trabalho no google drive e a cada final do dia de escrita, eu salvava em pdf e me enviava por email, além de ter uma cópia salva no computador.

Com muita afinidade e bastante apreço todo mundo consegue escrever um trabalho beeeeem interessante (:

Gostaram das dicas? Qual o tema que mais te interessa para você aproveitar no TCC? 

Quero fazer mais dicas com o tema, então se você tiver alguma sugestão ou dúvida, comente aqui embaixo que eu respondo! (: hehe

Beijos em formato de nuvem, Ingrid  @ohmystunning

design

Download: wallpaper minimalista

novembro 13, 2017



Olá, utopianassss (será que continuo falando isso? ou mudo para anuviares? ahahaha)

Desta vez na seção de criação disponibilizo os mais novos wallpapers para celular que fiz. Dessa vez, ficou muito mais minimalista e gostei tanto que não sei qual uso no meu celular hehe

Veja aqui todos os posts nesta categoria.

Criei cada wallpaper tendo a cor como o destaque principal. Coloquei um detalhe aqui e ali para ter um quê a mais. Vem ver ☘️






Quais vocês mais gostaram? Baixaram algum? Me conta nos comentáriosss :3 

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 
☁ @ohmystunning

Anuviar

Era uma vez uma Utopia na Nuvem que virou Anuviar

novembro 12, 2017



Desde que eu comecei a escrever uma categoria aqui com esse nome, percebi que ele me atrai de uma forma sobrenatural. Tudo. Não só o nome, e o signifcado em si, mas tudo o que inventei ao redor dele.

Por isso minha loja de bordados leva esse nome ( @anuviarbordados ) e agora para completar a identidade, o blog também leva o nome. Anuviar 

Apesar da correria do TCC, estou criando muito conteúdo legal para estampar esse espaço lindo. Estou tããão empolgada c: Este é o post de transição.

A Utopia na Nuvem que virou Anuviar