Para não ter o problema de ser afetado pelo mundo.
Pelas expectativas, que mesmo sem você querer, estão lá. Brotam do nada e tomam a forma adulta em um piscar de olhos.
Para viver numa bolha em que telefonemas não arruínem sua vida, nuvens vivam para sempre trazendo chuva (sinônimo de felicidade) 
e utopias permaneçam no mundo real também, não só nos sonhos.

Vejo uma solução para esse problema. O revestimento.

Revestir as paredes do interior.
Três camadas. Para não ter o problema da infiltração do sentimento mais forte que existe. Aquele que faz da pessoa a aflição. O mais (o)usado de todos. (Des)ânimo.

Procuro um transformador de tristeza em aleg(o)ria.


06/12/16